Pesquisar este blog

19 dezembro 2010

O impagável Zéu Britto

Num domingo qualquer do primeiro semestre, liguei a televisão num canal de notícias e lá estava Zéu Britto (foto). O ator/compositor/cantor baiano era convidado de um programa de culinária. O apresentador fez diversas perguntas para o Zéu, que respondeu com músicas e argumentos muito divertidos.

A primeira notícia que tive desse artista, que é uma figura super-gente boa, foi há cinco ou seis anos. Sei que foi no Fantástico, onde ele cantou a música Soraya Queimada (www.youtube.com/watch?v=Xynsf61bfRc), composta por ele para o filme Meu tio matou um cara.

Noite de sexta-feira, 17, bem vivida. Cheguei esfuziante e cansado em casa.  Liguei a televisão para saber as notícias no Jornal da Globo. Com exceção da diplomação de  Dilma Rousseff, não havia coisa interessante que Cristiane Pelajo pudesse me  informar. Deu vontade de dormir, só não fiz isso porque, no intervalo, apareceu o gordo . Ele anunciou que uma das atrações do Programa do Jô era Zéu Britto. O cara foi anunciar lançamento do cd e do dvd Saliva-me, gravado em 2007, na Fundição Progresso, no Rio. Com o anúncio de Jô, a vontade de dormir foi vencida.

Creio que muitos entre vocês já devem ter ouvido falar nele. Zéu é da geração de atores baianos talentosos, da qual fazem parte Lázaro Ramos e Wagner Moura, e, pelas mãos de João Falcão e Guel Arraes, chegou ao conhecimento do grande público. Impossível não gostar dele. O cara é talentoso, inteligente e engraçadíssimo; é um tipo de gente que toda vizinhança precisa ter por perto para que ninguém cometa suicídio por causa de tédio.

Mas, voltando à entrevista dada ao Jô. O gordo começou lembrando que Zéu  esteve no programa em 2008. Entre as coisas nesse encontro, ele contou sobre sua iniciação sexual (www.youtube.com/watch?v=8w6SMzPzp8M). O entrevistado disse que essa entrevista repercutiu entre os seus familiares. Esse foi o mote para ele contar como seu pai foi iniciado no brega da mãe de “Lurdão” (www.youtube.com/watch?v=jXSk7-faDsA).

Segundo Zéu, todos os fatos por ele narrados são verídicos. Depois de acontecidos, viraram temas de suas canções.  Todas engraçadíssimas. Um pouco de sua obra artística pode ser apreciada no canal Brasil. Lá, ele conduz os programas Retalhão e Zéu de Estrelas.

Creio que é tudo. Espero que minha dica sobre a veia artística de Zéu Brito possa ser apreciada por vocês. Valeu! Abração!!!

Harold 


Zéu Britto- Hino em louvor à raspada

4 comentários:

Etã Costa disse...

Sim, senhor! Estou há muito tempo fora... Não conhecia esse moço. Mas parece que o sucesso é merecido!

Ivan Daniel disse...

Conheço desde quando estava em Brasília. Tenho até hoje um CD com as músicas dele, e sempre que ele aparece na TV não perco.

Informe SAB disse...

Esse cara é muito divertido!

Anônimo disse...

Cara, tb assistir o Programa do Jô nesse dia, foi hilário, d+, já conhecia o Zéu, tb vi o clip de Soraya encerrando o Fantastico e sempre me pergunto, pq essa figura impar não tem mais espaço na mídia? Dessa geração toda de "comediantes" ele é o melhor, sem forçar a barra, a tv, a publicidade, principalmente a globo onde ele aparece as vezes, não percebe q ele é um imã de audiência, todo mundo que conheço e o conhece o adora e não entendemos essa falta de reconhecimento.

Anne - RS