Pesquisar este blog

01 julho 2010

Aniversário atrasado

As pessoas que acompanham as postagens deste blog sabem que não é hábito meu fazer citação de aniversários. Um dos motivos que justificam esse meu agir é evitar que este espaço seja confundido com uma ou outra coluna social.

Todavia, no mundo existem honrosas exceções. E aqui há uma delas. Nesse sentido, fico feliz por ter oportunidade de comunicar que o dia 13 de fevereiro foi o momento de comemorar a existência de Elizete Aguiar.

Who's that Elizete Aguiar? Com certeza, esta é a pergunta que uma parte inquieta dos leitores e das leitoras das minhas postagens deve te feito. O que ela fez para merecer o registro, a citação? Eis a pergunta que alguns, sempre atentos ao movimento de notícias na grande imprensa, farão no momento em que começarem a ler esta postagem. Acredito que, na medida do possível, nenhuma dúvida deve ficar sem resposta. Então, vamos aos esclarecimentos.

Para começar, Elizete é a MULHER que aparece na foto que ilustra esta postagem. Aqui podemos vê-la num momento de lazer, tendo como cenário a ponte JK, ao fundo, considerada um dos mais expressivos pontos turísticos do Distrito Federal (DF). As feições de menina podem passar a impressão de que estamos diante de uma frágil colegial. Com toda certeza, essa impressão é enganosa. Assim como a ponte, ela alarga sua posição no mundo e conquista seu merecido lugar.

Elizete tem cara e jeito de menina. Porém há nela uma energia e uma vontade  só encontrável numa MULHER de determinação. Poderia lhes oferecer diversas definições filosóficas, sociológicas e psicológicas sobre ela. Se fosse o caso, tematizá-la em prosa e poesia. Porém creio que, neste momento, é útil apresentar, a partir de um trecho de uma famosa canção de Vandré, uma de suas características marcantes: "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer".  Elizete é assim! Ela é isso e mais um pouco.

Como muitas das pessoas residentes no DF, Elizete ocupa uma parte de sua vida com atribuições no serviço público. Contudo essa é só uma faceta pequena dessa amazonense. Sua veia é artística, comprovada pela formação em artes plásticas que recebeu na Universidade de Brasília (UnB). Deveria estar mostrando seus trabalhos de sensibilidade em alguma galeria de conceito da cidade. Enquanto a boa chance não chega, ela oferece seu dom para os estudantes da rede pública.

Nem sempre as situações que ela vivencia são fáceis ou agradáveis. Porém Elizete segue em frente, enfrenta as dificuldades. E as vence! Às vezes, com dor. Outras, com algum alívio. O certo é que ela segue sempre adiante. Impossível não notá-la e não aplaudí-la. Essa MULHER caminha e encanta. Me encanta!

Muito poderia ser escrito sobre Elizete Aguiar. Seria bom que assim se fizesse. Pois daria chance para que os leitores e as leitoras do blog soubessem mais um pouco sobre este alguém fascinante, que merece aplausos, boas palavras e consideração. Mas por hoje é o bastante. 

Num outro momento, poderemos voltar a comentar o tema que é uma MULHER chamada Elizete. Para concluir a postagem, é preciso escrever com serenidade e carinho: Feliz aniversário Elizete! Beijos e vida!!!
Harold 

Nenhum comentário: