Pesquisar este blog

06 novembro 2010

RPM- Olhar 43

Na quinta-feira (04/11), a rede Globo apresentou mais uma edição da série Por Toda Minha Vida. Creio que vocês já devem tere assistido o programa apresentado pela gaúcha Fernanda Lima. Cada edição enfoca a obra de um artista-solo ou banda de expressão.

O programa desta quinta foi dedicado à banda RPM, uma das referências do rock brasileiro dos anos 80. A formação inicial contava com Paulo Ricardo (voz/ baixo), Luiz Schiavon (teclados), Fernado Deluqui (guitarra) e Paulo PA Pagni (bateria). Esse quarteto gravou um disco (vinil) que vendeu horrores, saiu em turnê e virou febre nacional. Nunca uma banda de rock brasileiro teve um destaque tão evideente. Nem mesmo Os Mutantes.

Lembro do sucesso do RPM. Eu tinha idade adolescente quando tudo aconteceu. Não era, necessariamente, um fã da banda. Para mim, valia (e, ainda, vale) Cazuza e Barão Vermelho. Porém respeitava a competência dos caras que tocavam Louras Geladas. Eles não eram os melhores mas não estavam no final da fila.

Uma das canções tocadas no Por Toda Minha Vida foi Olhar 43, de Schiavon/Ricardo. Tocou bastante no ano de 1986. Depois ganhou simpático arranjo simpático de Caetano Veloso. Apesar de não nutrir paixão pelo som tecno pop, gosto da letra da canção. Posto para o video clip da canção (http://www.youtube.com/watch?v=zeSXO-7uNxE). Espero que apreciem.

Aroldo José Marinho


RPM- Olhar 43

Nenhum comentário: