Pesquisar este blog

18 maio 2009

Um som do 14 Bis

Muitos de vocês já ouviram falar no Clube da Esquina. Assim era chamado o agrupamento de músicos mineiros que gravitavam ao redor de Milton Nascimento, lá em Belo Horizonte. Só fera! Gente como Lô Borges, Beto Guedes, Toninho Horta e uma boa lista de solitas. Todavia só um conjunto conseguiu se estabelecer nesse contexto: o 14 Bis.

Foi como quinteto que a banda lançou seu primeiro disco em 1979. Ali estavam Flávio Venturini (teclados, violão, voz), Vermelho (teclados, voz), Sérgio Magrão (baixo, voz), Hely Rodrigues (bateria) e Cláudio Venturini (guitarra). Depois do disco inicial vieram outros, que trouxeram sucesso de público e reconhecimento da crítica.

Na influência do som da banda havia um pouco de coisas boas: Beatles, o barroco mineiro, as bandas de rock progressivo dos anos 70. Suas canções sempre mostraram belas melodias e arranjos primorosos, além de letras interessantes. Penso que ouvir 14 Bis é, sem dúvida, uma experiência confortadora. Lembro que, certa vez, na casa de minha amiga Ana Cecília, em Uberaba, em 1994, encontrei um vinil da banda. Ouvia direto e ficava feliz. Será que Ciça levou este disco para Goiânia?

Em 1988, o grupo lançou seu primeiro disco ao vivo. Foi seu último trabalho como quinteto. A partir daí, Flávio abraçou a carreira solo. Apesar do baque, os remanescentes não deixaram a peteca cair. Quem tem talento não se apequena na dificuldade, só cresce. Assim foi com eles. Venceram!!!

Como presente para os leitores e leitoras do blog, segue o clipe da canção Mesmo de brincadeira, que Cláudio escreveu com Mariozinho Rocha. Aqui há a participação do violinista Marcus Vianna, conhecido por escrever temas paras as novelas de Glória Perez e também por ser colaborador de Jayme Monjardim nas suas produções globais.

O curioso é que o arranjo da canção foi desenvolvido no country, a música caipira norte-americana. Este gênero nunca abordado nos trabalhos do grupo. Desnecessário dizer que o resultado foi bastante positivo. Resta apenas vocês curtirem.

Tudo de bom!
Harold

14 Bis- Mesmo de brincadeira

4 comentários:

Anônimo disse...

Nossa que legal Aroldo você falar de 14 Bis sensacional curtu muito 14bis parabens por este belo texto sobre eles! Uma vez fui assistir um show deles foi demais abração amigo Aroldo sempre nus proporcionando coisas boas .
Celso.

Harold disse...

Oi Celso!
Me alegro por saber que você é fã desta banda sensacional. Tive a honra de vê-los tocando duas vezes no Pátio Brasil.
Sinceramente,não coheço ninguém que não goste do som deles. Pudera, os caras são mesmo muito bons.
Obrigado por sua visita.
Abraços!!!

Elisabete de Mello disse...

Assisti ao vivo 14 BIS.
Adoro!

Harold disse...

Sweet Bete!
Também já vi a banda ao vivo. Sem dúvida, é algo maravilhoso.
Beijos e vida!!!!